terça-feira, janeiro 30, 2007

No fundo do poço tem mola!!

Que te empurra lá pra cima de novo. Como é bom viver com essa certeza! Nada como um dia depois do outro. Tudo passa. Até uva passa, com perdão do trocadilho, mas hj só fazendo trocadilhos mesmo, hehehe...

E vamo que vamo que quem fica parado é poste.

Que chegue logo esse Ano Novo Chinês! Aposto nele todas as minhas fichas!!
(que janeiro foi café-com-leite)

segunda-feira, janeiro 29, 2007

Gripe

Não morri.
Mas às vezes as coisas saem de um jeito muito diferente do que havia sido planejado e se a gente não tem uma FÉ daquelas boas, capazes de remover montanhas, a gente se enfrequece e fica vulnerável aos zilhões de vírus que nos envolvem na atmosfera terrestre.
"Tanto tempo sem escrever, pra me vir agora com isso??"
Pois é...
Há dias ensolarados e há dias nublados.
Com o aquecimento global, as coisas andam um tanto quanto descontrol...
Mesmo assim, espero que a semana seja boa.
Atchim!

terça-feira, janeiro 09, 2007

Segunda carta (para Helena)

Minha doce e querida Helena,

Você escolheu a Bahia p/ revelar ao mundo a sua verdadeira identidade. Eu estava certa, desde o começo: teremos mais uma menininha linda na família! Não sei se vou conseguir descrever a emoção que eu sinto quando penso em você. Pode ser que você tenha visto as lágrimas que escorreram dos meus olhos (que já viram tanta coisa...) naquele dia em que fui com o seu pai, sua mãe e sua tia lá no laboratório tentar ver você. Pois bem... Você sabe que essa sua vovó aqui é filha única. E que só tive a oportunidade de ter dois lindos e maravilhosos filhinhos, seu pai e sua tia. Por mim, eu teria tido assim uns dez filhos. Mas a atual situação político-econômica do País não favorece tais famílias, assim tão grandes. Daí, chega a notícia que teremos mais uma criança na família. Por mais que eu tenha sido pega de surpresa, nunca consegui disfarçar bem a minha enorme alegria com a sua chegada a esse nosso mundo loko.

E você aí, nadando na linda barriguinha da sua mãe, a querida Rafa, nem pode imaginar que tem pessoas aqui na complicada metrópole paulistana que nutrem assim um amor cheio de mil carinhos para quando você chegar. É que nem a sua mãe falou: vai ser um tsunami de amor. Uma onda gigantesca e poderosa que vai varrer nossos corações de emoções mil. Variadas, intensas, verdadeiras.

Então, pra terminar, vou deixar aqui a matéria do Paulo Vicentini, publicada no Estadão, no último dia de 2006. É que o ano de 2007 começou meio atrapalhado aqui em casa. Mas na verdade ainda temos uma segunda chance. Vamos seguir o calendário chinês e comemorar o Réveillon duas vezes! que tal??

Chineses comemoram discretamente o ano-novo
País reserva festa para 18 de fevereiro, 1º dia do ano no calendário chinês; 2007 é o Ano do Porco

PEQUIM - Os chineses estão curtindo discretamente a virada do ano, apesar do feriado de três dias concedido pelo governo. De fato, eles estão guardando as habituais promessas, shows pirotécnicos e efusivas comemorações de réveillon para o dia 18 de fevereiro - o primeiro dia do ano segundo o Calendário Lunar Chinês.

O ano-novo chinês, no entanto, promete mais um baby-boom na nação mais populosa do planeta. Tudo porque o Ano do Porco " o 12º animal do zodíaco chinês", segundo a cultura nacional, será propício aos partos e nascimentos.

"Os que nascerem no Ano do Porco terão fartura de alimentos e trajes ao longo de suas vidas", dizem os chineses.
--------------------------------

Querida Helena, se depender dos chineses, povo que sabe das coisas, seu futuro tá garantido!! Chega logo e com muita saúde, tá bom?
Um bj enooooorme da sua vovó moderninha

terça-feira, janeiro 02, 2007

Reflexão de Ano Novo

Acho até que já postei isso aqui, mas nesse começo de 2007 pode valer como reflexão...

“Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquele cara ou aquela mulher que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem, nem a mulher da sua vida.Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você. O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você. No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!"

Mário Quintana