quinta-feira, março 24, 2005

Feliz Páscoa!
Como estudei em colégio de freiras, sei que Páscoa significa passagem, representa renovação. Renovação de esperanças, de modos de enxergar a vida, de perspectivas, mudanças, enfim.
Nada mais apropriado para o presente momento.
Caixas por todo lado, barulhos diferentes na primeira noite, consertos inadiáveis, já que a casa não é nova.
Um certo stress, por ir dormir sempre depois da uma e acordar invariavelmente às seis pra vir trabalhar.
Mas nada disso importa.
- O Tom tem que entender que eu demorei 52 anos p/ conseguir morar em uma casa "de verdade" - disse o Guilherme hoje de manhã.
Uma casa de verdade...
Nem precisa dizer o que essa Páscoa representa pra gente, né?
Bom, mas Páscoa também significa chocolate. Que ninguém é de ferro.
Portanto, desejo dividir esse momento de conquista e de alegria com vc que me lê aqui.
Desejo que a sua Páscoa seja significativa, assim como a minha está sendo.
E prometo que logo em breve conseguirei mudar de assunto... hehehe.
Mas por enquanto, esse post tem validade determinada, já que lá em casa ainda tô sem Internet, sem telefone e sem fogão...
Mas pelo menos todas as luzes estão instaladas e temos banho quente, a gás (em um dos 5 banheiros!)
Feliz Páscoa!

quarta-feira, março 23, 2005

É hoje!!!
Meu querido marido estava tão desesperado p/ mudar, que resolveu que a mudança seria ontem. Mas como a lua estava fora de curso de novo, ele aceitou mudar hoje. Sendo que hoje eu estou trabalhando e os homens estão lá correndo com a mudança, porque é mudança de pobre, sabe? daquelas em que as caixas vão tudo na Kombi (aberta). E eu aqui. Como me concentrar em alguma outra coisa?
Well, hoje acho que dormiremos na casa nova.
Portanto, esta é a data oficial da mudança.
Também é o aniversário da Delly!!!
Sei que ando repetitiva, mas simplesmente não consigo pensar em outra coisa.
Pelo menos vim até aqui fazer um postzinho.
Porque, pra variar, no trabalho estamos sem e-mail.
Alguém sabe como trabalhar sem e-mail? Nem eu.
Inté!

sexta-feira, março 18, 2005

Agora, vai
Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Agora não é mais alarme falso. Posso contar, finalmente, o mistério: vou mudar! de um apê de 60 metros quadrados p/ uma casa de 320 metros quadrados.
Tô feliz, apreensiva, e agradeço todo mundo que mandou boas vibrações pra mim.
É uma delícia conseguir um objetivo, depois de tanto tempo.
Acho que conseguir conquistar uma coisa que a gente quer muito é um presente dos Céus para a gente.
Quando você estiver sofrendo, qualquer tipo de sofrimento que seja, pense que uma recompensa maravilhosa está reservada p/ vc. E muitas vezes nem precisa esperar começar uma outra vida, p/ quem como eu acredita em reeencarnação. Muitas vezes a recompensa chega antes do que a gente acha que mereceria.

Obrigada, amigos, reais, virtuais pela torcida.
Obrigada, querido Anjo da Guarda.
Obrigada, Céus, anjos, santos e protetores espirituais.
Obrigada, obrigada, obrigada.

quinta-feira, março 17, 2005

Certas coisas...
...simplesmente acontecem, escapam do nosso controle.
Isso aqui realmente não é bolinho.
Espero que a Gabi encontre o caminho dela.
E que conserve de mim uma boa lembrança.
Ontem mesmo apareceu uma pessoa para quem ela pode mandar o cv dela.
Eu queria que ela aparecesse...

Roberta, não fique com ciúmes. Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Uma pessoa é uma pessoa e outra pessoa é outra pessoa.

E agora, tchan, tchan, tchan, tchaaaaannn, um pouco de mistério: momentos de grande expectativa e de coração batendo acelerado...
Sabe aquelas borboletas voando na barriga? Pois é. Elas estão aqui comigo, hoje.

PLease, send me good vibrations from everywhere in the World. I need to concentrate good energies today.

A lua só fica fora de curso às 16h19.

terça-feira, março 15, 2005

As mulheres da minha idade
Enquanto as mulheres da minha idade estão se acomodando na vida, eu tô dando passos maiores do que as minhas pernas.
Enquanto as mulheres da minha idade fazem comida, eu estudo p/ o meu curso de médiuns.
Enquanto as mulheres da minha idade falam ao telefone com as amigas, eu passo pelo menos 10 horas na Internet.
Enquanto as mulheres da minha idade ficam preocupadas com rugas e passam um monte de cremes, eu passo um batonzinho e olhe lá. E pinto o cabelo com aquela tinta mais fraca que sai com água por pressão profissional.
Enquanto as mulheres da minha idade ficam preocupadas enquanto o filho não chega, eu acordo de manhã e vou checar se ele dormiu em casa naquela noite (ou não).
Enquanto as mulheres da minha idade pedem para o marido acertar o rádio-relógio, instalar um novo programa no computador, etc. sou eu que tenho que ver se mandaram e-mail p/ o Guilherme...
Enquanto as mulheres da minha idade estão pensando na aposentadoria, eu fico à caça de novos desafios profissionais.
Enquanto as mulheres da minha idade convivem com pessoas da mesma geração, a maior parte das minhas amigas é pelo menos dez anos mais nova.
Enquanto as mulheres da minha idade são chefes e sabem dar broncas, eu pago p/ não ter que dar bronca em alguém... o que me prejudica indiretamente...
Enquanto as mulheres da minha idade priorizam o trabalho, eu gasto horas do meu dia com minhas amizades reais e virtuais...
Conclusão: ou eu achei a fonte da juventude, ou tenho complexo de Peter Pan feminino, ou sou imatura, mesmo.

sexta-feira, março 11, 2005

Eu me amo
Um dia na vida de uma profissional, mãe, esposa, amiga, filha, dona-de-casa, entre outros papéis.

Este post foi inspirado em um post da minha queriiiiiida amiga Nana.

Esta foi a minha quarta-feira:

9h20 - médica. Ela atrasou meia hora p/ me atender. Remédio sério p/ emagrecer. Tratar de mim mesma é uma coisa inadiável.
11hs - chegar ao trabalho, 11 e-mails enviados, todos de trabalho.
12h30 - almoço com a chefe e um empresário do setor de Comunicações
13h30 - trajeto agradabilíssimo na Marginal Pinheiros e avenida Nove de Julho, da Vila Cordeiro ao Itaim.
das 14hs às 19hs - mais trabalho, só que em outro endereço (depois conto quantos e-mails mandei, porque estão no outro computador)
19h15 - trajeto mais agradável ainda, pelo túnel da Nove de Julho até o Butantã.
19h45 - chegar em casa e resolver vááááários pepininhos e descascar alguns abacaxis espinhudos para a realização de um sonho dourado. Definição de um plano de pagamentos bem louco.
- 4 e-mails enviados pelo G-Mail ao longo do dia. Minha amiga Beth, que eu ainda não conheço pessoalmente, foi tão legal comigo com aquela minha dúvida da LFC!!!!!

É correria ou não é? Mas hoje tô feliz porque vejo uma forte luz no fim do túnel.

E depois, hoje é sexta-feira e a vida é linda, e o céu é azul, e meus filhos são lindos e saudáveis e tenho muitas amigas queridas e a Lusaito está esperando um bebê e a LuK vai me visitar domingo, e eu tô feliz e pronto.

E eu me amo. E eu batalho e luto e fico pensando se esse tal Dia da Mulher é mesmo uma data a ser comemorada, mas já que querem me dar os parabéns eu relaxo e recebo de coração aberto.

E tento melhorar meu astral, meu humor, minha aparência (sem sofrimentos, sem neuras) e tento ser boazinha no trânsito e dar passagem aos estressados (eu também fui uma) e assim vai indo a vida.

E por mais que a pessoa tenha passado dos 40, ela sente que ainda tem muito o que realizar e conquistar nessa vida. Ainda que o cabelo esteja embranquecendo, que a pele não seja mais a mesma e que o tempo a frente seja mais curto.

A quinta-feira não foi muito diferente da quarta. E o BBB tá tão previsível que ficou chato, já.

segunda-feira, março 07, 2005

Astrologia
Quem aí entende de astrologia?
Um contrato assinado bem quando a lua tá fora de curso está fadado fatalmente ao fracasso?????

quinta-feira, março 03, 2005

Tem dias em que a gente se sente como quem partiu ou morreu...
Eu nunca uso o blog com essa finalidade, a de desabafar etc., mas eu sou de carne e osso tanto quanto qualquer outra pessoa que vive nesse mundo aqui de expiação e provas. E a vida às vezes me pega de jeito, viu?
É uma grande presunção minha achar que eu posso abrir um consultório online assim como esse e ficar distribuindo conselhos a torto e a direito...
Tem dias em que a gente precisa de colo, mas a gente tem é que dar colo. Então, fica difícil. Tem dias em que tudo que a pessoa quer é se enfiar debaixo do edredon, fechar a janela do quarto e sentir que está imune aos problemas.
Tem dias em que a sua cabeça não tá nem um pouco a fim de trabalhar, de criar soluções pra problemas mas eles começam a pular na sua frente, que nem sacis, e ficam fazendo caretas pra vc, e ficam ali te desafiando, te cutucando, te atormentando... (só o gerúndio mesmo, nessas horas).
O pior é quando vc estava se sentindo animada, antes disso.
Vc tava ali, na sua santa ignorância, achando que dessa vez na sua vida a sorte ia te sorrir. Aí, quanto mais convencida disso vc se sente, tanto mais dolorido é o tombo. E só então vc vê como vc é tola.

quarta-feira, março 02, 2005

Drops embrulhadinhos um a um
Só pra concluir o lance do trânsito: o melhor a fazer (é o que eu tento) é deixar sempre os apressadinhos passarem na nossa frente e ainda mandar energias positivas pra eles. A energia positiva é assim como o vento e a eletricidade. Ainda que a gente não a veja, ela existe e tem influência sobre a gente. A negativa também...

-----

Trabalho. Muito trabalho. Muito.

-----

Mudanças à vista.

-----

Acabei de arrancar o gesso do pé da Biba (tava destruído já) e ele pôde tomar aquele banho da cabeça aos pés, sabe??

-----

Depois de muito muito tempo, ela veio aqui me visitar no blog e deixou comentários muito, muito fofos nos posts anteriores.

-----

Dia 5/3 meu filho faz 22.

-----