segunda-feira, março 13, 2006

Quem semeia vento colhe tempestade

A sabedoria popular tá sempre certa. A vida é feita de escolhas. Podemos escolher o prazer fácil, as drogas leves, a bebida, o cigarro. Mas aonde essas escolhas vão nos levar?? Todas as nossas escolhas têm conseqüências, mais ou menos nefastas. Mas certamente quando a gente tá fazendo uma coisa, a gente deixa de fazer outra.
Eu adoro a metáfora daquela passagem da história do Pinóquio em que ele vai para a tal Ilha dos Prazeres, onde tudo é permitido. E, sem se dar conta, meninos viram burricos e ficam apavorados. Mas aí então já é tarde demais...
Educar filhos é coisa complicada. Como explicar que o futuro é logo ali e que a gente vai colher necessariamente o que planta?? O tempo avança, inexorável. O que fazer, dizer?? Claro que não faz o menor sentido pedir para o filho se afastar dos amigos queridos. Não há nenhuma certeza. Não tem uma idade em que a gente tá liberado de se preocupar e em que a gente feche os olhos e deixa acontecer, ao sabor dos momentos sucessivos, a vida do filho da gente.
A responsabilidade e a preocupação dos pais é 24 horas por dia, sete dias por semana.
Como não ser chata, careta?? Como ser ouvida??
Agradeço aos mais jovens que tenham a paciência de me dar algumas dicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!