quarta-feira, setembro 15, 2010

Como ter um ataque cardíaco

Confesso que no mês de agosto, eu estava no caminho certo.... indicado abaixo. Mas ainda bem que as situações se modificam, né?? Segue o texto que acabei de receber por e-mail.

DOZE CONSELHOS PARA TER UM INFARTO FELIZ !!!

Dr. Ernesto Artur - Cardiologista

Quando publiquei esses conselhos 'amigos-da-onça' em meu site, recebi uma enxurrada de e-mails, até mesmo do exterior, dizendo que isso lhes serviu de alerta, pois muitos estavam adotando esse tipo de vida inconscientemente.

1. Cuide de seu trabalho antes de tudo. As necessidades pessoais e familiares são secundárias.

2 Trabalhe aos sábados o dia inteiro e, se puder, também aos domingos.

3. Se não puder permanecer no escritório à noite, leve trabalho para casa e trabalhe até tarde.

4. Ao invés de dizer não, diga sempre sim a tudo que lhe solicitarem.

5. Procure fazer parte de todas as comissões, comitês, diretorias, conselhos e aceite todos os convites para conferências, seminários, encontros, reuniões, simpósios etc.

6. Não se dê ao luxo de um café da manhã ou uma refeição tranquila. Ao contrário, não perca tempo e aproveite o horário das refeições para fechar negócios ou fazer reuniões importantes...

7. Não perca tempo fazendo ginástica, nadando, pescando, jogando bola ou tênis. Afinal, tempo é dinheiro.

8. Nunca tire férias, você não precisa disso. Lembre-se que você é de ferro (e ferro enferruja!!... rs)

9. Centralize todo o trabalho em você, controle e examine tudo para ver se nada está errado... Delegar é pura bobagem; é tudo com você mesmo.

10. Se você sentir que está perdendo o ritmo, o fôlego e pintar aquela dor de estômago, tome logo estimulantes, energéticos e anti-ácidos. Eles vão te deixar tinindo.

11. Se tiver dificuldades em dormir não perca tempo: tome calmantes e sedativos de todos os tipos. Agem rápido e são baratos.

12. E por último, o mais importante: não se permita ter momentos de oração, meditação, audição de uma boa música e reflexão sobre sua vida. Isto é para crédulos e tolos sensíveis.

Repita para si: Eu não perco tempo com bobagens.

Duvido que voce não tenha um belo infarto ao seguir os conselhos acima!!!

OS ATAQUES DE CORAÇÃO

Uma nota importante sobre os ataques cardíacos. Há outros sintomas de ataques cardíacos, além da dor no braço esquerdo (direito). Há também, como sintomas vulgares, uma dor intensa no queixo, assim como náuseas e suores abundantes. Pode-se não sentir nunca uma primeira dor no peito, durante um ataque cardíaco. 60% das pessoas que tiveram um ataque cardíaco enquanto dormiam não se levantaram... Mas a dor no peito, pode acordá-lo de um sono profundo.

Se assim for, dissolva imediatamente duas Aspirinas na boca e engula-as com um bocadinho de água. Ligue para Emergência (193 ou 190) e diga ''ataque cardíaco'' e que tomou 2 Aspirinas. Sente-se numa cadeira ou sofá e force uma tosse, sim forçar a tosse pois ela fará o coração pegar no tranco; tussa de dois em dois segundos, até chegar o socorro.. NÃO SE DEITE !!!!

Um cardiologista disse que, se cada pessoa que receber este e-mail, o enviar a 10 pessoas, pode ter a certeza de que se salvará pelo menos uma vida !

(fiz melhor: publiquei no blog!) Cuidem-se, queridos leitores!!

sábado, setembro 11, 2010

Helena


Este fim de semana promete! É aniversário de 50 anos do clube, vou participar da prova de natação no domingo de manhã nas olimpíadas (a abertura foi hoje, emocionante, como toda olimpíada, com tocha olímpica e tudo!!!) e teve também festa na escola da Helena, mas a gente não pode ir. Então a Rafa gentilmente mandou a foto da nossa fofíssima princesa.

A última da Helena:

O Tom falou, chegando em casa, na garagem do prédio, cheio de sacolas e mochilas, etc...:
- Lelê, me ajuda que eu tenho um monte de coisa pra carregar lá pra cima Tenho isso, e isso, e isso, e isso.... e isso (o último isso se referia a ela, quando ela a pegou no colo).
Ela virou pra ele, pensativa, e disse:
- Papai, eu não sou coisa.

quarta-feira, setembro 08, 2010

Poesia

A primeira coisa que eu comecei a escrever, lá pelos 13 anos, foi poesia. A gente precisa de poesia na vida... e às vezes, ela fica tão esquecida, tão deixada de lado.... Hoje, a poesia, em São Paulo, está nas lindas e fartas flores amarelas de tantos e tantos ipês que espalham a cor amarela - minha preferida -pelas calçadas acinzentadas da metrópole triste. E aproveitando esse clima poético, apresento a vocês uma nova poetisa: a Chris, que trabalha aqui comigo, esses dias. Apesar de o blog dela levar "pimenta" no nome, sua poesia é doce. Experimente, quando tiver um tempinho.... Por que todos nós sempre estamos sem tempo para a poesia, né??