sexta-feira, janeiro 24, 2014

Traí... e agora?


Impressionante... o meu post mais lido de todos os tempos atrai um monte de gente aqui para o blog que está sofrendo porque traiu. Quem dera existisse um reloginho que fizesse o tempo voltar, não é mesmo?? Só que esse reloginho não existe.

Mas existe a nossa consciência. E a gente deixa de seguir o que ela nos mostra tão claramente.... E depois a gente se arrepende.

O melhor é pensar antes. No Vigiantes do Peso também nos ensinam a pensar antes (de comer, no caso). Mas quando a gente deixa o impulso dirigir os nossos atos, estamos dando lugar ao nosso lado "animal", ao "instinto" e isso não é legal....

Em geral, quando a gente "trai", nosso pior algoz é a nossa própria consciência, que nos condena por termos agido de forma egoísta, sem pensar nos sentimentos de quem nos ama. Daí a gente sofre e fica com aquela sensação de arrependimento. Se você quer reconquistar o seu marido (ou mulher), minha querida (ou meu querido), vai ter que trabalhar para isso. 

A lição é aquela básica: não fazer ao outro o que não gostaríamos que o outro fizesse para nós. Por que será que está demorando tanto tempo pra gente entender isso?? 

Já falei muitas vezes sobre esse assunto aqui no blog, mas parece que é preciso sempre voltar ao tema... sempre cai alguém aqui de paraquedas, perdidinho, sem saber o que fazer. 

Você vai ter que começar tudo de novo, do zero, e terá que provar o seu amor verdadeiro ao seu parceiro, ou parceira. Como você vai fazer isso? Não sei. Quem sabe não é melhor você prestar atenção no que diz a sua consciência, desta vez?? 

Ah, sim! Muito importante: não esqueça de ser o primeiro a se perdoar pela sua fraqueza. Saiba que todos nós erramos, sem exceção. 

Boa sorte!! 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!