quarta-feira, julho 26, 2006

Sobre coincidências

Na sexta, ainda sob o impacto do filme, chega o Vinícius no trabalho, comentando que ele gostaria que demorasse mais p/ chegar, porque estava entretido com a leitura do livro "Cabeça de Papel" do jornalista Paulo Francis, da editora Francis. Primeira coincidência: fiz o projeto para divulgação da editora com uma amiga minha, quando ela foi inaugurada. Abri o livro e pasme! Segunda coincidência: o texto citava o filme "Bonequinha de Luxo", bem na página que o Vini estava lendo!
Estou novamente em guerra com a balança e fui a uma endócrino perto do escritório, chamada Andréa. (Abre parênteses: temos quatro sobrinhas: Andréa, Patrícia, Érica e Gláucia, filhas da irmã do Guilherme). Terceira coincidência: é o mesmo nome da minha sobrinha. Quarta coincidência: ela faz aniversário no mesmo dia que eu. Marquei consulta na ginecologista. Ela se chama Patrícia. Quinta coincidência: o mesmo nome da outra sobrinha. A endócrino indicou que eu fosse a uma nutricionista. Pedi indicação para a minha amiga Estela, que é meu modelo ideal de pessoa que leva a sério isso de alimentação. Ela me indicou a Glauce, que tem consultório bem perto da minha casa. Sexta coincidência: quase o nome da outra sobrinha. Mas não consegui marcar com a Glauce, pois eu queria marcar na quarta de manhã, dia do meu rodízio, e nesse dia ela não atende, porque está com bebê novinho, etc. Voltei na endócrino e perguntei se ela tinha uma nutricionista para indicar. Ela me disse que havia uma que atendia no seu consultório mesmo. Fui marcar a consulta. Sétima coincidência: descobri que a nutricionista indicada pela Estela e a mesma pessoa que atende no consultório da minha médica. Estou descendo o elevador do prédio onde trabalho, na hora do almoço. Oitava coincidência: dou de cara com um colega meu da Seara (que faz comigo os dois mesmos trabalhos no sábado)... Ele trabalha no mesmo prédio. Quem conhece São Paulo sabe como esses fatos são improváveis...

Costumo ouvir das pessoas que coincidências não existem. OK, mas então como explicar essa sincronicidade toda? Tentei procurar alguma explicação no Google, mas não achei. Pra mim, isso significa que estou no caminho certo, que o "destino" (ou seja, eu mesma, com a inspiração divina) me traçou. É bem curioso notar tantas coincidências, em tão pouco tempo, não acha? Ah! Sobre a outra sobrinha, a Érica? Bem, aqui no escritório, somos em 14 pessoas e uma delas se chama... Érica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!