sexta-feira, junho 26, 2009

FELICIDADE


Então, né... o Michael Jackson morreu. Que coisa, né? Tão novo... sabia que nós nascemos no mesmo ano, no distante 1958. Tanto sucesso... mais sucesso impossível....
Porém, quer saber de uma coisa? Eu jamais trocaria a minha vida pela dele.
Parece que ele nunca foi feliz, de verdade... Tadinho.
Mas curti muito as músicas dele. O cara tinha muito talento!
Mas eu prefiro mil vezes a minha simplicidade, minha vida cheia de percalços, de pedras no caminho, que tornam as alegrias ainda mais luminosas...
E tive ontem uma dessas alegrias incomensuráveis que a vida nos reserva em certos momentos iluminados: meu filho querido do meu coração deixou de ser um mero estudante de arquitetura para virar um arquiteto de verdade!!
Olha, foi difícil, viu? Ele deu umas derrapadas no caminho, por conta das surpresas que a vida nos apresenta - uma dessas surpresas é a gostosíssima Helena, aliás, minha neta amada e querida - mas houve momentos eu que eu achei que ele não conseguiria.
Me entristeci e tudo.
Mas como Deus é bom, o pessoal lá de cima mexeu os pauzinhos mágicos deles e ontem ele apresentou o tal do TFG (trabalho de finalização de graduação) - em Arquitetura não é TCC que chama.
E, gente, que orgulho!!!! Que alegria, que emoção, que satisfação, que felicidade, que estado de graça.
Hoje, eu tô lá nas nuvens, nem adianta me chamar pra terra, que vou ficar lá mais um pouquinho, junto com os anjinhos e a toda a turma do Bem.
Todos os caras da banca - e olha que tinha um figura lá dos bem bacanudos, que nclusive botou um monte de defeitos no projeto dele - deram 10 pra ele.
Eu ficaria aqui um ano e meio contando todos os detalhes do acontecimento do ano.
Mas preciso ir lá buscar o meu pimpolho no trabalho dele, que ele vai almoçar aqui em casa hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!