sexta-feira, abril 08, 2011

Cartinha pro meu pai

Escrevi, mas não entreguei, porque ele anda tão emotivo!!!!Ele fez um cateterismo ontem e vai ter que fazer duas pontes de safena (ou não, ainda não foi decidido, talvez seja uma angioplastia).Mas vai sair dessa! Se Deus quiser.

O negócio é que eles está no SUS porque eu, sua filha, que deveria ter saúde financeira pra pagar um bom convênio p/ ele, não tenho. Enfim, é a vida. Fazer o quê?

A cartinha que escrevi e não entreguei é esta aqui:

" Querido papai,

Sei que o senhor anda muito emotivo ultimamente, então tentarei ser o mais "light" possível. É que tem certas ocasiões em que eu me expresso melhor escrevendo do que falando. E esta é uma dessas ocasiões. Eu só quero "dizer" que o senhor é o melhor pai que alguém pode desejar na vida. Nunca duvide disso! Tudo o que o senhor me ensinou, com palavras e com o seu exemplo de VIDA, são tesouros que eu levo comigo pela vida afora.

Nem sempre fomos tão próximos e eu lamento isso. Mas não quero que o senhor pense, nem por um momento, que "me atrapalha" em alguma coisa. Porque só estar com o senhor ao meu lado é um privilégio p/ mim. Da sua filha que o ama muito,

Silvia "

(quando ele melhorar, ele lê aqui...)

Quero dizer mais uma coisa aos filhos/as: deem um jeito de pagar um bom convênio para os seus pais. Porque enquanto nos convênios se fala em "hotelaria", quando nos referimos ao atendimento em um hospital, no SUS eles são bem tratados também, mas em esquema de "massa", parece um metrô, um transporte de massa, sabe?. Quando não temos o termo de comparação, fica mais fácil se conformar às condições de atendimento. Mas quando a gente sabe como poderia ser, é triste ver o seu pai constrangido a ficar sozinho porque a visita ainda não foi liberada às 10h30, quando o horário seria das 9 às 21hs. Na prática, é assim que funciona. E como me ensinaram a ter "senso crítico" em relação à realidade, não posso deixar de notar que na vida, o que importa, mesmo, é "a força da grana que ergue e destrói coisas belas", como bem disse Caetano. Talvez tenha notado isso tarde demais, porque sempre deixei o $$ em segundo plano na minha vida, e hoje me arrependo disso.Admiro muito as pessoas que olham para trás e não se arrependem de nada.

Desculpe, estou meio amarga hoje, mas vai passar. Eu, que quase nunca uso o meu blog p/ desabafar, hj estou aqui de pires na mão, pedindo piedade ao Destino.

4 comentários:

  1. Olha, tenho convenio e nem sempre é assim tão bom.
    Lindas demais suas palavras e vc tem razão, melhor esperar ele estar melhor porque vai abalar ainda mais o coração rsrsrs

    Bom fds :)

    ResponderExcluir
  2. O Silvia, todo mundo passa por dificuldades! E isso nos faz mais fortes. Nem se arrependa, pq suas ações passadas fazem você ser "ISSO" TUDO que é hoje! Até os nossos "erros" valem a pena!

    Um ótimo inicio de semana! Melhoras para o seu papi :D

    ResponderExcluir
  3. Anônimo6:33 PM

    sil, fica bem. Suas escolhas mostram quem vc é: boa, calma, amiga, caridosa.
    acho q naum existe quem nao se arrepende de nada.

    bjuz naninha

    ResponderExcluir
  4. Li e senti coisar que eu também poderia te dito.

    ResponderExcluir

Sua participação é muito importante para nós!