quinta-feira, novembro 27, 2014

Amizades e amizades



É tanto amor!!!!! Uma loucura...

Tenho amigas do passado e do presente. Mas como é possível a gente gostar tanto de todas essas pessoas?? Como cabe tanta gente assim no coração da gente, né??

Eu tenho minha lindas "amigas primordias" e elas sabem quem são e como são importantes pra mim. Nós temos todas a mesma idade, as mesmas angústias, as mesmas alegrias, nossas piadas que só nós entendemos.

Tenho minha amigas mais novas do que eu, que nos encontramos em um trabalho qualquer desses do passado (trabalhei em tantos lugares, gente, melhor nem mencionar isso). Mas que se eu fico um tempo sem encontrar, as saudades doem tanto, que parecem uma pedra no sapato, um espinho na garganta - coisa de louco.

Tem as amigas que acabaram de chegar, mas que ocupam um lugar gigante já, pela identificação, quando "bate o santo", sabe??

Tem aquelas amigas que a gente pouco vê, ou pouco fala, certamente bem menos do que gostaríamos, mas que quando a gente se reencontra é como se tivéssemos nos despedido ontem à noite, de tanta empatia.

E tem aquelas amigas que a gente só vê pelo Face, que nem se fala muito, mas que são tão especiais... e que a gente acompanha as viagens, os movimentos da vida, as alegrias, as comidas, os bichinhos de estimação, só pelas fotos, pelos posts.

Sem falar naquelas que a gente nem conhece pessoalmente, mas que parecem amigas de infância.

Hoje, uma das minhas amigas do clube falou sobre uma amiga dela, de uns cinco anos, com quem ela não simpatizou de cara, quando ficaram no mesmo quarto do hotel, sem que se conhecessem antes, mas que depois a amizade engrenou e elas se dão bem até hoje!

Como se explica isso?? Não sei... eu só sei que chega nessa época do ano, de fim de ano, de Natal, etc e tal... que bate aquela baita vontade de abraçar todo mundo, daqueles abraços apertados, expressão de uma dessas minhas amigas queridas... (da faculdade que eu abandonei e ela continuou).

Se houvesse um abraço assim gigante para caber todas essas amigas/os que estão perto / longe, seria tão bom, né??

Mas não tem muito jeito... então o que eu faço?? Me refugio nas palavras! Quero que cada uma das minhas amigas saibam que estou falando de você, sim, de você mesma.

Você mora no meu coração.

Tenho amizade, carinho, consideração, respeito, admiração, todos esses sentimentos puros, bons e elevados, por você. Envio desejos de felicidades, paz, amor, saúde, sucesso por você na sua vida. Desejo que você seja feliz e seja já.

E queria te ver, te encontrar, passar um tempo com você.

Essa música do Chico diz bem o que eu estou sentindo agora. Você deve conhecer, é antiga e linda. Fala de amizade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!