sexta-feira, janeiro 30, 2015

Vitória




O sabor da vitória é doce. Mas não foi comendo doce que cheguei até aqui. Recomecei o Vigilantes (pela terceira ou quarta vez) no dia 16/7/2014, com 75,6 kg. Entre altos e baixos, semanas em que emagreci e semanas em que engordei (sim, teve semana que eu engordei - em menor número, mas aconteceu) consegui chegar hoje na minha segunda meta: 68,2 kg. Dessa forma, foram eliminados da minha silhueta nada mais, nada menos do que 7,4 kg. É tudo uma questão de matemática. Nunca fui forte em matemática. Mas agora estou me tornando expert em calcular pró-pontos. E garanto que nada melhor do que nos colocar um desafio e sair em busca de um objetivo. Bati a primeira meta (-5% do peso inicial) em outubro do ano passado. A terceira meta (64,8) já estará bem próxima do meu peso ideal. Embora eu tenha, minha vida inteira, detestado matemática, desta, em especial, estou gostando muito: diminuir quilos, eliminar peso extra, ser mais leve nesta vida, em todos os sentidos. Busco a leveza. De corpo e de espírito.

Eu queria que todos os meus amigos/as que estivessem acima do peso seguissem o meu exemplo, porque poderia dividir com eles essa alegria. É difícil? É. Exige sacrifícios? Exige. Mas compensa ver o resultado na balança e no espelho? Compensa! Compensa tudo!

Entrar numa calça mais justa sem ficar ridícula, fechar com facilidade o zíper daquela outra calça que você tem há anos, conseguir comprar jeans da Forever 21, pedir para a moça da loja de roupas trazer um número menor, porque aquele ficou largo, Todas essas alegrias compensam a torta de limão (amoooo!!!!) que você não comeu (ou comeu só um pedacinho, quando a sua vontade era comer pelo menos uns três!). Compensam o biscoitinho do café, que você abandonou no pratinho, embora soubesse que era só um pontinho... Compensam, os pedaços de pizza que você não comeu, os copos de cerveja (e de vinho que, pessoalmente, prefiro) que você não tomou, Compensam o bolo da festa de aniversário do escritório que você fugiu dele (nem era o seu sabor preferido).

Tudo, nesta vida, é uma questão de escolha. A luta é diária e dura. Mas esta é uma batalha em que o maior vencedor será um só: você! Se eu estou conseguindo, todo mundo consegue.

2 comentários:

  1. Parabéns Silvia, é gratificante, quando realizamos nossos objetivos.
    Você já deve estar no peso ideal.
    Beijos
    Augusta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Guta! O caminho é longo e tem altos e baixos, mas é muito gratificante quando a gente percebe que está conseguindo. Acho que não se aplica apenas para regime alimentar, mas para tudo nesta vida. Bjs (volte sempre!!!)

      Excluir

Sua participação é muito importante para nós!