quinta-feira, abril 07, 2016

Estrelas


Hoje, o Consulta publica mais uma colaboração inspirada de uma das minhas autoras favoritas: Luciana Praxedes. 

De repente, ao olhar para aquele céu estrelado ela relembrou de um hábito infantil. Quando menina, deitada de barriga para cima, mentalizava três pedidos. Escolhia a estrela, olhava para ela e pedia. Eram pedidos carregados de inocência, como ganhar no aniversário uma bicicleta cor de rosa ou ter o cabelo comprido igual ao da Rapunzel.  

Além dos desejos, ela tinha muitas perguntas. Tinha curiosidade por um futuro desconhecido. Como ela seria aos 30 anos? Qual seria a cor do seu cabelo? Eram questionamentos que habitavam sua mente de menina. Mas no fundo ela gostava de não saber todas as respostas e de não ter alguns desejos realizados. Era uma razão a mais para continuar sonhando e esperar por ele – o futuro.

Era impossível olhar para um céu estrelado e não sonhar acordada. Inevitável não imaginar o que estaria por vir e passar horas contando as estrelas e, muitas vezes, batizá-las. Lorena, Clarissa, Luiza, Maria... E talvez assim, chamando-as pelo nome, o pedido ganharia mais força e se tornaria realidade.

A menina cresceu. Um dia, ela não olhou mais para o céu. Tinha pressa. E nesta pressa esqueceu de contar as estrelas, de batizá-las e de imaginá-lo – aquele futuro misterioso repleto de perguntas. Até que hoje, ela adulta se deparou com aquele céu. Enxergou. Lembrou que alguns desejos aconteceram de fato, percebeu que seu cabelo está praticamente da mesma cor, que alguns sonhos foram esquecidos e deram lugar a muitas obrigações, boletos e relatórios.

Ao olhar mais uma vez para o céu estrelado ela lembrou do nome de cada estrela. Recordou-se do entusiasmo que acompanhava cada pedido. E desejou com o mesmo fervor de menina. Tudo estava lá, adormecido em algum lugar da alma. Ao se deixar emocionar mais uma vez pelo brilho das estrelas, ela apenas lembrou. E isso foi o suficiente.


Luciana Praxedes – Socorro, 5 de abril de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!