quinta-feira, agosto 11, 2016

Os nossos ídolos

Há um tempo atrás, eu percebi que se fosse deixar as coisas como estavam, eu só ia gostar de artistas do "passado", do "meu tempo"! Mas decidi que não tem essa de meu tempo... Meu tempo é agora, como já disse alguém. E decidi pesquisar, entre os artistas mais moderninhos, de quem eu gostava. Foi quando me apaixonei pelo Paralamas (sim, faz um tempinho, isso).
E tem uma música deles, que também não é nova, que eu adoro e que tem tudo a ver com este blog. Por isso, coloco aqui pra você ouvir também.

Hoje, tem a Zaz, que eu adoro também. Mas preciso pesquisar de novo quem serão meus novos ídolos... Para isso, vou precisar da ajuda da minha filha. É um exercício constante de renovação.... Aos 58 anos, a tendência é a gente se apegar aos sons e emoções do passado, mas não pode. É preciso se renovar, se reinventar.... Como diz e aconselha a minha xará e querida amiga Silvia Furgler....

Palavras duras em voz de veludo....


Um comentário:

Sua participação é muito importante para nós!