segunda-feira, junho 13, 2005

Festa
Foi o máximo! Inauguração da casa e aniversário. Ganhei um monte de presentes, mas o melhor de todos não foi algo material: foi o reencontro, depois de tantos anos, do meu pai e da minha mãe, ao vivo e em cores. E a catarse continuou ontem à noitinha, quando minha mãe foi lá em casa e ficamos relembrando alguns detalhes esquecidos no tempo. Lágrimas insistiram em cair dos meus olhos duas vezes (pelo menos). Mas foi como lavar a alma. O espiritismo traz uma outra luz sobre os fatos e algumas coisas eu só compreendo hoje, ao olhar pra trás. O caminho de cada um é mais espiritual do que qualquer outra coisa, acho eu. E as coisas que acontecem na nossa vida não acontecem por acaso. Tudo faz parte do tal do master plan que Deus tem reservado pra gente. Mas, ao mesmo tempo, tudo depende do nosso livre arbítrio, ou seja, de como nós vamos reagir para nos libertarmos daquele círculo vicioso em que os seres humanos se debatem o tempo todo.
OK. Também não acredito em receitas de felicidade, mas tem uma que é ao mesmo tempo ultra-simples e complicadésima, que é aquela do amor ao próximo. E não adianta ser o próximo-próximo. Mas aquele chefe implicante, o vizinho inoportuno, a colega traiçoeira. A gente tem que entender, de uma vez por todas, que a vida tem certas maneiras de nos fazer ver e compreender as coisas, que nem sempre são aquelas mais óbvias, que a gente gostaria que fossem, mas que servem pra gente. One size fits all não funciona, no caso. Cada caso é um caso, conselho não serve pra nada e a gente tem que sentir na carne porque fomos forçados a atravessar determinados obstáculos, para alcançarmos a Luz.
Depois eu volto com uma conversa mais pé-no-chão. Mas hoje tô assim, meio que flutuando em nuvens de pensamentos profundos e em feedbacks necessários para que eu possa seguir o meu caminho, agora na versão 47.
Pra ir me acostumando à passagem do tempo, até já entrei na comunidade chamada "Jovens acima dos 50" no Orkut.
Boa semana!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!