sexta-feira, novembro 13, 2009

Hospital não é hotel




Lembra que eu falei que minha filha, a Marjorie (ou Biba) tinha muitas e muitas crises de amigdalite? Pois bem isso agora é passado. Ontem ela extraiu as amígdalas no HC, com o maravilhoso dr. Fábio Pinna.

Deu tudo certo e estamos aqui em casa, comendo muittooooo sorvete.

Pois é.

Só que eu passei uma hora dentro da recuperação no centro cirúrgico e não recomendo a experiência a ninguém que não tenha muitoooo sangue frio (o que definitivamente não é o meu caso).

Muitas crianças, muito doentes, me deixaram comovida, às lágrimas. Eu precisava olhar p/ o teto, disfarçar, enxugar as lágrimas que insistiam em despencar olho afora.

Gente, quanto sofrimento, quanta tristeza nesse mundo, meu Deus.

E como eu sou feliz! Nossa, quanta felicidade, quanta tristeza.

Dizem que Deus dá a cruz do tamanho que as pessoas são capazes de suportar. Nossa, quanta gente forte, meu Deus! Quanta cruz pesada tem nesse mundo.

E a gente reclamando de barriga cheia, que nem diziam antigamente.

E quantas enfermeiras corajosas, e médicos, e gente que tá ali pra ajudar, acima de tudo.

Fiquei muito, muito comovida com isso tudo. Admiro demais essas pessoas que trabalham assim tão próximas do sofrimento alhieo e são como luzes a iluminar a vida de cada um deles.

Nem sempre dá certo, eles perdem um ou outro paciente, eventualmente. Ai, ai...

Mas o fato é que a minha filha está ótima, medicada, cuidada, em casa, feliz, no orkut de novo etc e tal.

E comprei uma banda larga da Vivo, com isso ela agora pode usar o computador no quarto, coisa que ela sempre quis.

Sei que muitos comentaram aqui, desejando tudo de bom, quando confessei que ela estava com problemas de saúde. Agradeço de coração a todos vocês.

Bjs e bom fim de semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!