segunda-feira, dezembro 16, 2013

Impotência




Tem aquela frase famosa, conhecida como Oração da Serenidade: 
"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não podemos modificar, coragem para modificar aquelas que podemos e sabedoria para distinguir umas das outras".

É precisamente a oração que cabe para mim neste momento. 

Um lindíssimo canteiro de azaleias está sendo destruído e eu estou tentando fazer tudo o que está ao meu alcance para tentar salvá-lo. 

Escrevi posts no Facebook (os que escrevi no perfil do clube foram censurados e sumiram!!!), abordei sócios que eu nem conheço ontem de manhã no Clube, escrevi uma reclamação na central de relacionamento, mandei e-mail...... mas até agora, parece que tudo conspira a favor do escritório de arquitetura contratado para a reforma (vou ver o nome, para postar aqui depois). 

O clube tem estatuto, tem diretoria, tem conselho... e ninguém se deu conta da destruição das azaleias.... Tem um desenho, lá no clube, de como a reforma vai ficar. Um desenho muito bonito, de computação gráfica. O engraçado é que os sócios, nessa imagem, estão todos entretidos olhando para o céu (!) - de dia. 

Ou é um disco voador, ou então estamos todos ali fazendo o papel de "trouxas", enquanto as azaleias são destruídas para evidenciar a "beleza" de um muro de pedras (!!!) - sim, isso mesmo. Um muro de pedras. 

Estou triste, cansada, chateada. Metade do canteiro já se foi... Reclamações podem ser feitas no formulário à disposição dos sócios na central de relacionamento ou online: http://www.clubeanhembi.com.br/contato.php?seocod=3

Mas sinceramente?? Duvido que eu vá conseguir sozinha deter essa matança. Sabe o que a diretoria sugeriu? Um abaixo-assinado! Em plena época de férias... e eu trabalho das 10 ás 19h. Como eu poderia viabilizar um abaixo-assinado?

O vice-presidente do clube foi educado e me mandou um bilhete no inbox, no Face: 

oi Silvia, ontem tivemos um encontro da diretoria e debatemos o caso das Azaleias, infelizmente para a troca do piso será necessária a remoção das Azaleias, seja para trocarmos as guias  como para refazermos o piso e as galerias de maneira que fique o mais permeável possível (aliás este é o principal motivo da troca do piso, ou seja, uma solução ecológica e que reduzirá as enchentes no clube que já destruíram móveis, livros e documentos) (1). No entanto, decidimos que as replantaremos nas praças vizinhas ao clube (2) e somente aquelas que estão doentes (com pragas) (3) serão descartadas. Decidimos ainda, que a paisagista vai propor duas novas soluções para o canteiro, além daquela que está no banner, que propõe plantar palmeiras e iluminar o muro de pedras naturais da piscina valorizando o projeto arquitetônico original,, então nós escolheremos uma das 3 soluções e as comunicaremos ao Conselho Deliberativo do ATC. Fique certa que nossa preocupação com o impacto na natureza e com a arquitetura do clube é tão grande quanto a sua. Espero ter esclarecido os fatos e estou `a sua disposição para novos esclarecimentos e troca de ideias.

Vamos lá... 
1- as azaleias nada têm a ver com as tais enchentes. Não estou discutindo a troca do piso, embora merecesse também uma discussão, pois estão trocando pedras mineiras, do projeto original do arquiteto Vilanova Artigas, por tijolos "permeáveis" à lá Kassab. a obra de reconstrução das galerias já foi feita e não há galerias debaixo das azaleias. 
2- para replantio das azaleias em praças ao redor do clube deve ser necessário ter autorização da prefeitura, coisa que não foi providenciada. Quanto tempo essas azaleias aguentarão, fora da terra?
3-  não há nenhuma com pragas ou doente. O clube conta com um jardineiro muito eficiente e que ama as plantas. Ele não deixaria que pragas dominassem as azaleias. 
Conclusão: a resposta foi atenciosa, mas NÃO justifica a retirada das azaleias. 

Senhor, por favor, conceda-me a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para modificar aquelas que posso e sabedoria para distinguir umas das outras... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!