quarta-feira, fevereiro 14, 2018

Sobre o dia dos namorados


No Brasil, o dia dos namorados é 12 de junho, mas na Europa e nos Estados Unidos é hoje, 14 de fevereiro, dia de São Valentim. Alguém descobriu que frio combina melhor com namoro, por isso, a data é sempre comemorada no frio, quer seja no hemisfério norte ou no sul.

Eu já ganhei meu presente, que não foi propriamente um presente. Foi um abraço bem gostoso e quentinho antes que eu acordasse hoje pela manhã. Me senti realizada e confortável. Foi um ótimo presente. Depois de 43 anos de parceria, a gente fica menos exigente. Não nos interessam mais os jantares românticos, cheios de salamaleques e em geral muito caros. Não nos interessam as joias... depois de viver aqui no planeta Terra durante mais de meio século, a gente finalmente aprende que as coisas mais valiosas não são coisas.

Nenhuma coisa material é capaz de nos fazer felizes. Por isso, passei a colecionar pequenas felicidades nos meus potes de vidro, no decorrer dos anos, como já disse aqui no Consulta Sentimental

Todo esse blá-blá-blá é para desejar a toda a minha meia dúzia de leitores um Feliz Dia dos Namorados. Aprendam a valorizar as coisas realmente importantes. A verdadeira chave da felicidade é descobrir que é mais bacana dar um presente (material ou não) do que receber. Quando a gente entende isso, nossa vida instantaneamente se torna mais feliz. E isso vale também para quem não tem namorado, ou namorada. Pare de pensar em só receber e procure maneiras de dar/doar seu tempo, seu carinho e sua atenção. A um "prospect" (como diz minha amiga Estela), ou a um amigo ou amiga, um vizinho idoso e solitário, uma criança, um desconhecido. Tenho certeza que dá certo. Depois, me conte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!