quinta-feira, maio 25, 2006

O mundo sem mulheres

Recebi um e-mail da querida amiga Andréa Di Cunto, dona de uma loja de decoração mega-charmosa no Itaim.
Dedico esse post ao Vini, que reclama (muito) de trabalhar cercado de mulheres por todos os lados...
Diz que é do Arnaldo Jabor. Se for, tá dado o crédito.

O MUNDO SEM MULHERES! (Arnaldo Jabor)

O cara faz um esforço desgraçado para ficar rico pra quê?
O sujeito quer ficar famoso prá quê?
O indivíduo malha, faz exercícios pra quê?
A verdade é que a mulher é o objetivo do homem.
Tudo que eu quis dizer é que o homem vive em função de você.
Vivem e pensam em você o dia inteiro, a vida inteira.
Se você, mulher, não existisse, o mundo não teria ido pra frente.
Homem algum iria fazer alguma coisa na vida para impressionar outro homem.
Para conquistar um sujeito igual a ele, de bigode e tudo???
Um mundo só de homens seria o grande erro da criação.
Já dizia a velha frase que "Atrás de todo homem bem-sucedido, há sempre uma grande mulher."
O ditado está envelhecido. Hoje eu diria que "Na frente de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher."
É você, mulher, quem impulsiona o mundo.
É você quem tem o poder e não o homem.
É você quem decide a compra do apartamento, a cor do carro, o filme a ser visto, o local das férias.
Bendita a hora em que você saiu da cozinha e, bem-sucedida, ficou na frente de todos os homens. E, se você que está lendo isto aqui for um Homem, tente imaginar a sua vida sem nenhuma mulher.
Aí na sua casa, onde você trabalha, na rua. Só homens.
Já pensou?
Um casamento sem noiva?
Um mundo sem sogras?
Enfim, um mundo sem metas.

(ainda não acabei o texto do post "Amor não é loteria" porque tô viciada no pacote de expansão "Vida de Universitário" do Sims2. Sorry!!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!