quarta-feira, maio 13, 2009

Amor, always



Então, estou aqui trabalhando em casa e sem empregada. 
Este post aqui é pra elogiar o meu marido, que tem me ajudado muito. 
Ele se preocupa com a própria roupa e hoje até passou roupa que não era dele. 
O que é um enorme avanço para quem antes ficava apenas vendo TV. 
Ele evoluiu como ser humano graças a essa nossa fase por nossa conta. 
Já reclamei muito das empregadas que tive e agora estou "pagando a minha língua", como se diz. 
Amor e vida doméstica parece que são coisas incompatíveis, mas não são. 
Amar alguém e lavar a louça, amar alguém e limpar a casa, passar roupa... 
Tudo isso tem a ver com a vida a dois, a vida doméstica. 
Antes, eu achava errado até mesmo esse conceito de dizer que o marido "ajuda" a mulher. 
Ué... a casa não é dos dois? 
Então a responsabilidade por ela é dos dois, ainda mais quando os dois trabalham fora. 
Isso de trabalhar "dentro" complica um pouco as coisas. 
Bom, é isso. 
Tenho muito a fazer agora, inclusive guardar a roupa que ele passou. 

Este post é dedicado também p/ quem ainda está naquela fase cor-de-rosinha que pensa que o amor não tem nada a ver com a manutenção de uma moradia e todas as implicações decorrentes disso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!