domingo, dezembro 28, 2003

Cupido
Ninguém tem mais a ver com o amor do que o Cupido, aquela famosa figura mitológica que dispensa apresentação. O Cupido da minha história de amor foi uma moça chamada Carlinha, com quem nunca mais falamos. Ela nos apresentou quando estávamos no ônibus chamado Largo São Francisco, a caminho do Equipe, onde eu fazia cursinho e o Guilherme, supletivo do segundo grau.
Agora, Cupido virou série da Sony.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!