quarta-feira, julho 28, 2004

Luto
Se alguém clicou no link da Yami, como eu fiz ontem, como quem não quer nada, viu uma tragédia: a morte do FerVil. Eu só o encontrei uma vez, mas estou chocada. Chocada. É muito triste. Fiquei navegando pelo Orkut, pelo Comunique-se, pelo blog dele, tentando buscar pistas, tentando entender.

Hoje, a Mônica (amiga comum), mandou um e-mail com um trecho do blog dele, que reproduzo aqui, como uma homenagem póstuma, um recado para que todos nós não adiemos a realização dos nossos sonhos.

"Preciso urgente entrar em um curso de mergulho. É fundamental não ter medo de ir mais fundo, conquistar novos territórios e se deslumbrar com as maravilhas da Natureza. Quero desbravar a imensidão azul desse planeta, flutuar no meio do infinito d´água sem a sensação de gravidade, observando com admiração espetacular um mundo vivo colorido real.

Sei que não consigo fazer tudo que quero, sei que não dou conta, que não consigo me organizar direito porque é impossível fazer tudo ao mesmo tempo, que é imprescindível escolher prioridades, que eu fico igual um doido porque não dá para gerenciar tantas frentes abertas todos os dias, que ninguém consegue viver em perfeita sanidade mental só procurando expandir os caminhos e possibilidades a cada segundo - mas, na moral, azar.

Nada disso importa. O que não dá é pra ficar adiando eternamente nossas vontades, esperando"um dia" chegar, o vento passar, a poeira baixar. Prioridade é vontade mais coragem, sobre responsabilidade. Então vamos lá, respirar fundo, e mergulhar!!! O resto que espere, que se confunda, embrulhe ou destrambolhe. Que aguarde ou que reclame. Volto já.

A vida renovada não tem limites!" - Fervil 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós!